28/04/2013

6

Um artista em casa !

Já estava querendo fazer isso faz tempo, já tinha comprado as tintas e só faltava a cartolina, nem preciso falar que foi uma festa, coloquei ele no meu quarto porque senão ele iria melecar a casa inteira, mais se comportou bem nas pinturas dele....hehe
Primeiro ele tentou comer a tinta, ai peguei o pincel e passei na cartolina pra ele ver, na segunda vez quando ele pegou a tinta misturou uma com a outra, fui dando uma de cada vez.

E meu pequeno pintando ficou assim....rs










Ah e no sabado comprei parte das coisas pra festinha do pequeno... 0/

23/04/2013

0

Selinho

Obaa!

Recebi mais um selinho que amo demais, e ser lembrada é tudo de bom!!!
Recebi das amigas blogueiras  Nanda  e Thatha, obrigada meninas!!

1. O que você mais gosta de cozinhar, sobremesas ou guisados?perfumes importados
Sou melhor em sobremesas....rs
2. O que é mais importante para você em uma pessoa: a personalidade ou o físico?perfumes importados
Com certeza a personalidade
3. Quando você começou o blog?perfumes importados
Em 2010
4. Quem foi a pessoa que a inspirou a começar nesse mundo?perfumes importados
Foi a Priscila 
5. Você costuma seguir muitos blogs e ser seguido?perfumes importados
Sim, sigo todos que me seguem e outros blogs tbm
6. O que você mais gosta: você cozinhar ou que cozinhem pra você?perfumes importados
Não sou muto boa na cozinha, as vezes me arrisco...mais gosto das comidas de outras pessoas 
7. Você come em casa ou no trabalho?perfumes importados
Em casa
8. Você costuma fazer receitas vegetais? 
As vezes pro pequeno 
9. Qual sua melhor receita?perfumes importados
ah um bolo de cenoura 
10. Como você pede para alguém ser seu amigo?perfumes importados
Bom acho que isso acontece naturalmente, só o fato de vc ser simpática já ganha um amigo...
11. Qual foi o melhor filme que você já viu?perfumes importados
Eita to por fora de filmes


Regrinhas: - Responder as 11 perguntas - Indicar no máximo 20 blogs, com menos de 300 seguidores, para receber o selinho - Não demore muito tempo para postar algo novo, tenha ânimo na hora de escrever.. perfumes importados


Lili
Carlah Ventura
Michele Reis
Regiane
Rack
Bárbara
Francisca
Roberta
Viviane Silva
Bárbara Esteves
Thaty
Rafaela

20/04/2013

8

Vacina




Levei o pequeno na quinta-feira pra tomar a vacina da gripe, como toda mãe a gente sofre eu também não gosto de vacina, Nathan teve quem puxar...kkk

E ele tomou na perninha, segurei pois com certeza ele iria se curvar todinho, e doeu...abriu o berreiro, chorou mais um pouquinho até o ponto de onibus, mais se acalmou, ainda esta inchadinho, mas não esta doendo 







A campanha tem como público alvo os idosos, crianças de seis meses a menores de dois anos, gestantes, indígenas, as pessoas portadoras de doenças crônicas, e mulheres até o 45º dia após o parto, trabalhadores da saúde e a população presidiária.
A vacina protege contra a gripe sazonal (conhecida como gripe comum) e a gripe influenza A (H1N1).


16/04/2013

6

Escovação dos dentes

Olá meninas, e ai tudo bem?

Bom já faz algum tempo que venho escovando os dentinhos dele, ou melhor tento né?! rs
Pois ele come mais a pasta do que deixa a gente escovar, comecei fazendo com que ele ria pra poder
escovar e bem rapinho, que logo que ele sente a escova fecha a boca pra chupar a pasta.
Ele até gosta de escovar, depois que 'acabo de escovar dou até na mão dele, ele faz uns movimentos, até chora querendo mais.

Eu uso a pasta de dente Tigor T.Tigre baby que é apropriada pra ele e não contém flúor
E a escova SaniFill, achei ela bem macia  e é apropriada também.
hoje posso falar que até melhorou um pouco mais pra escovar, mais sempre tem aquelas dificuldades...

E vocês mamães como estão fazendo pra escovar os dentes dos pequenos?

Ah queria falar tbm da operação da minha mãe que correu tudo bem graças a Deus, por isso que sumi um pouquinho dos cantinhos...Bjão!!


Leia mais Aqui e Aqui








12/04/2013

6

Festa 2 anos

Como está pertinho de completar dois anos meu pequenino, ta vaondo demais, bem que poderia andar um pouco mais devagar faltando apenas dois meses para a festinha, eu ainda não tinha postado nada sobre a festa, pois meu marido não quer de jeito nenhum a festinha de dois anos, acha desperdício coisa e tal...

Mas como a mamãe adora, vai fazer a festinha dele, não vai ser aquela festa, vai ser tudo bem simples mesmo, porque até então não estamos podendo gastar muito...
Vou postar algumas coisas da festa os cubinhos que já chegaram que ficou lindinho de mais e o que pretendo fazer....
Aah já iria esquecendo o tema e da Galinha Pintadinha !

As cores predominantes são azul e vermelho 



O bolo, vou testar e fazer so o primeiro de baixo

Os cubinhos com o nome

As forminhas 


E as latinhas mintobe 









09/04/2013

18

Sorteio Baby Roger --ENCERRADO--






































Olá meninas, vamos mais um sorteio, em parceria com a Baby Roger, já postei minha experiencia com a Baby Roger, e foi super aprovado!

Não teve nenhum tipo de alergia, espero que gostem desse nosso segundinho sorteio.


Os produtos da Baby Roger podem ser encontrados em farmácias  lojas para bebe, perfumaria e supermercados.

Informações através do SAC (11)  4596-4660. Acessee  www.babyroger.com.br

As regras são muito simples!!

Vamos as regras:

1. Curtir a fan page da Baby Roger Aqui
2. Curtir a fan page do blog e ser seguidor do blog Fan page do blog
3. Responder a pergunta : ' Qual empresa em parceria com as blogueiras traz mais conforto para o seu bebê?
4. Será sorteado um kit (conforme a imagem), cada resposta corresponderá um numero  (será feito pelo formulario o sorteio)
5. Após sorteio, o ganhador terá cinco dias corridos para entrar em contato, caso contrário, será feito um novo sorteio.
6.Após o recebimento, a ganhadora precisara postar uma foto no blog pessoal ou em alguma rede social junto com o kit que ganhou e o link da fan page da Baby Roger https://www.facebook.com/babyrogerbrasil 


Chances extras: modo publico 

Compartilha a imagem no facebook Aqui
Chamar 3 amigas pra participar Aqui
Divulgar o post no Twitter @vitoriavick
Clicar no botão G1+ e dizer o numero 
Divulgar no facebook o post

O sorteio será feito pelo  Nathan,filmarei e postarei aqui, caso de errado (ele tente comer, ou nao me da) vai ser pelo site Sorteador 
Vai de hoje 07/04 até o dia  07/05












05/04/2013

9

Guerra de travesseiro !!

Quem é que nunca brincou assim, e não adianta falar que não! as vezes é bom fazer uma bagunça com os pequenos, e eu amo uma baguncinha com meu pequeno...rs

Estava eu arrumando a cama em uma tarde, retirando as fronhas do travesseiro quando o meu Nathan pega a fronha e joga em cima de mim,rindo, aaah não resisti e entrei na bagunça dele, e não tinha como não entrar, o sorriso do meu pequeno me chamou...rs

esse video já tem um tempinho, que foi gravado, mais vale....



video

Bjinhos bom fim de semana 

02/04/2013

4

Adolescência do Bebê

Meninas essa foi a entrevista que vi no facebook, falando sobre as crises de 2 anos, pra mim ajudou muito, apesar de estar pondo em pratica já algum tempo, mais é bom a gente saber um pouco mais,



O seu bebê era um verdadeiro anjinho, mas está chegando perto dos 2 anos e parece estar malcriado? Acredite: você não é a única que passa por isso

O fenômeno é comum e tem até nome: adolescência do bebê. É quando a criança se dá conta de que é um indivíduo e luta para conquistar o seu espaço – gritando, batendo nos outros ou se jogando no chão. Cabe aos pais ter muita calma, paciência e ensinar que esse comportamento não leva a nada. Em outras palavras, estabelecer limites. Para ajudá-la a lidar com essa situação tão complicada, conversamos com a psicopedagoga Larissa Fonseca, de São Paulo.

1. O que é a chamada “adolescência do bebê”?

A adolescência do bebê, primeira adolescência ou os “terrible twos” – terríveis dois anos, em inglês –, como citado na literatura, é a fase em que a criança passa a se comportar de modo opositivo às solicitações dos pais. De repente, a criança que outrora era tida como obediente e tranquila passa a berrar e espernear diante de qualquer contrariedade. Bate, debate-se, atira o que estiver à mão e choraminga cada vez que solicita algo. Diz não para tudo, resiste em seguir qualquer orientação, a aceitar com tranquilidade as decisões dos pais, para trocar uma roupa, sair de um local ou guardar um brinquedo. Para completar, não atende aos pedidos e parece ser sempre do contra.

2. Esse comportamento é comum em qual idade?
Normalmente, acontece a partir de 1 ano e meio até os 3 anos de idade.

3. Existe alguma causa?

A causa para esse período é simplesmente o próprio desenvolvimento natural da criança. A fase dos 2 anos de idade é um período de grandes mudanças para ela. Até então, o pequeno seguia os modelos e as decisões dos pais. Gradualmente, ele passa a se perceber como indivíduo, com desejos e opiniões próprias, e isso gera uma enorme necessidade de tomar decisões e fazer escolhas por si. Sem dúvida, isso acaba gerando uma grande resistência em seguir os pedidos dos pais. Não é exatamente uma ação consciente da criança, mas uma tentativa de atender a esse desejo interior, a essa descoberta de si como um ser independente dos pais. No entanto, ao mesmo tempo em que ela quer tomar suas decisões, ainda tem muitas dificuldades para fazê-lo, dado que ainda não tem maturidade suficiente. Ela discorda até dela mesma! Se você pergunta o que ela quer comer, naturalmente ela responderá: “Macarrão”. Mas, quando você chega com o prato de comida, ela diz: “Eu não quero isso!” Suponha que você está com pressa para ir a algum lugar. Seu filho está de ótimo humor até você dizer: “Preciso que você entre no carro agora”. Ele fará tudo, menos atender à sua solicitação. É uma fase difícil para os pais e também para as crianças. É uma experiência intensa emocionalmente e repleta de conflitos, pois, ao mesmo tempo em que a criança busca essa identidade, ela não quer desagradar seus pais – por mais que isso não pareça possível.

4. Existe alguma maneira de evitar que o bebê passe por isso?
Não há a necessidade de tentar evitar esse período e nem há como fazê-lo. O importante é conhecer e lidar de modo construtivo com essa fase dos pequenos.

5. Todas as crianças passam por isso?
Não é uma regra. Algumas crianças demonstram essas características mais intensamente do que outras.

6. Como agir quando a criança se joga no chão e grita em um lugar público, como o supermercado e o shopping?
Primeiramente, descarte palmadas, tapas, puxões de orelha ou qualquer outro comportamento agressivo para tentar conter uma birra. Antes de sair, converse com o seu filho e o contextualize sobre o passeio. Se for supermercado, por exemplo, diga como espera que ele aja, o que ele poderá pegar para si etc. Se forem a um restaurante, faça o mesmo, explique aonde vão, como espera que a criança se comporte e as consequências para o seu mau comportamento. Jamais ceda às manipulações, como choros, pedidos de ajuda e reclamação de possíveis desconfortos. Avise-o de que só vai conversar depois que ele se acalmar. Opte por disciplinar a criança após a birra, que é o momento em que ela está colocando para fora sua frustração e seu descontentamento. Após ela parar de fazer a birra, você se abaixa para conversar. É sempre muito importante que a criança compreenda o que fez e o porquê de sua ação. Evite dar broncas e repreender seu filho na frente de outras pessoas para que ele não se sinta constrangido e você também. Uma dica bacana para mudar o foco da birra é chamar a atenção da criança para outra situação. Mostre um objeto ou comece a falar de outro assunto. Ignorar a birra costuma dar ótimos resultados. Em lugares públicos, se a birra persistir e você estiver se sentindo constrangida, tire o seu filho do ambiente sem demonstrar irritação e sem conversar. Sua atitude mostrará desaprovação.

7. O que fazer quando o pequeno bate nas pessoas quando é contrariado?

Esse “bater” normalmente é a expressão do seu descontentamento, o que, no caso, não é aceitável. É importante ressaltar que as crianças, assim como nós, adultos, também ficam bravas, tristes, frustradas e chateadas – isso é natural do ser humano. Ao longo da vida, ela vai se deparar com diversas situações que despertarão esses sentimentos nelas e a infância é a melhor fase para aprender a lidar com esses sentimentos inevitáveis. Assim, se quiserem contribuir de modo positivo com o desenvolvimento emocional e psicológico dos pequenos, os pais devem parar de tentar poupá-los de situações frustrantes e passar a explicar esses sentimentos, apontando caminhos para que consigam lidar com eles. A criança não nasce sabendo a lidar com seus sentimentos, ela testa suas ações e vai construindo seus modos de agir.

Quando ela bate em alguém, imediatamente deve ser contida e, em seguida, os pais devem abaixar-se na altura da criança, olhar fixo em seus olhos e com voz firme conversar que entendem que o pequeno esteja bravo, mas que sua atitude é inaceitável. Explique que, se aquilo voltar a acontecer, haverá consequências negativas para ela, citando quais serão. Lembre-se de que essas consequências deverão ser algo possível de ser feito porque, se a criança repetir o comportamento desaprovado, você deverá cumprir o que falou.

8. E quando a criança bate com a cabeça na parede ou faz coisas para se machucar porque ouviu um “não”?

Em geral, as crianças recorrem a esse tipo de autoagressão como mais uma tentativa de conseguir a atenção dos adultos e, quase sempre, conseguem porque descobrem que esse comportamento provoca comoção nos pais. Por mais que possa preocupar, os pais devem manter a ideia de que “sem plateia não há show”. O ideal é conter a ação da criança sem dar atenção ou demonstrar comoção pela atitude. Você pode, por exemplo, colocar um travesseiro ou uma almofada embaixo da cabeça dele e sair de perto, ou tire o pequeno do local onde está sem conversar e coloque-o em um ambiente mais seguro. Sem conseguir chamar sua atenção com a autoagressão, a criança vai buscar outras possibilidades, como apagar e acender a luz, ligar e desligar equipamentos eletrônicos etc. Só fique atenta para a possibilidade de esse comportamento estar refletindo algum problema emocional, que, aí sim, merece a atenção dos pais.

Se a criança começar a apresentar comportamentos autodestrutivos, como se arranhar, bater em sua cabeça e puxar os cabelos, frequentemente em situações cotidianas, vale a pena consultar um especialista porque isso pode indicar uma tentativa da criança de evitar o contato com algo que esteja lhe causando angústia.
9

1 ano e 10 meses

Olá minhas querida, tudo bem né?!

Mais um mês do meu pequeno homem, que veio pra alegrar ainda mais minha vida, como ta passando rápido, daqui a pouco já estará com seus dois aninhos, nem acredito, ele está bem, só um pouco resfriado por causa do tempo, e hoje amanheceu com o olhinho inchado, fora isso só maravilhas com certeza.

Ta um birrento que só, também isso não é novidade, mais estamos passando pela aquela terrível fase  'adolescência dos bebes', acho que algumas mãezinhas já postaram sobre isso, depois vou publicar uma matéria sobre o assunto!

Que é exatamente o que estamos vivendo, outro dia mesmo na sala, ele mexendo nos livros do irmão, e eu falando pra ele não mexer, fui lá e tirei da mão dele, falei que não era brinquedo, e sabe o que ele fez, imediatamente se jogou com toda força pra trás mesmo, deu um impulso ai abriu o berreiro, minha reação só foi levantar ele e deixar ele chorando, pois se eu pegasse ele no colo essas coisas, estaria sedendo a chantagem dele, coisa que não queroo fazer 

Na falação ele aprendeu outras coisas:

solta 
larga
para papai ( quando o pai ta brincando ele fala isso)
desce
desenho

========================================================================

E a pascoa de vocês, como foi... espero que curtiram bastante com os pequenos
Algumas fotos do pequeno todo lambuzado de chocolate, se deixasse ele iria comer tudo sozinho 









Meninas não deixem de aproveitar a promoção das faixas, vai até o final do mês, e tem novos modelos, dão só uma olhadinha  Lojinha da Bah

Ah semana que vem já vai ter inscrição pra mais um sorteio, agora com a Baby Roger um lindo kit