27/03/15

5

Autismo - Diagnostico

DEFINIÇÃO DA AUTISM SOCIETY OF AMERICAN – ASA

*Autism Society of American = Associação Americana de Autismo. O autismo é uma deficiência de desenvolvimento complexa que tipicamente aparece durante os três primeiros anos de vida e afeta a capacidade do indivíduo de se comunicar e interagir com os outros. Apresenta um conjunto de comportamentos que afeta de forma e graus diferentes para cada indivíduo. Não há uma causa única conhecida para o autismo, mas em sua maioria, é plausível a causa ser vinculada a anormalidades na estrutura ou função cerebral. Pesquisas mostram diferenças na forma e estrutura dos cérebros de crianças autistas e investigam ligações entre hereditariedade, genética e fatores ambientais. 

Segundo a ASA, os sintomas causais incluem:
1. Distúrbios no ritmo de aparecimentos de habilidades físicas, sociais e linguísticas. 2. Reações anormais às sensações. As funções ou áreas afetadas são: visão, audição, tato, olfato, gustação. 3. Fala e linguagem ausentes ou atrasadas. Certas áreas específicas do pensar, presentes ou não. Ritmo imaturo da fala, restrita compreensão de idéias. Uso de palavras sem associação com o significado. 4. Relacionamento anormal com os objetivos, eventos e pessoas. Respostas não apropriadas a adultos e crianças. Objetos e brinquedos não usados de maneira devida. 

DEFINIÇÃO DO DSM-V
O TEA caracteriza-se por ser um transtorno neurodesenvolvimental, com prejuízo persistente na comunicação recíproca social e interação social e de acesso restrito, padrões repetitivos de comportamento, interesses ou atividades. Estes sintomas estão presentes desde a infância e limitar, prejudicando o seu funcionamento diário. A fase em que se evidenciam os sintomas irá variar para cada indivíduo e seu ambiente. 

DEFINIÇÃO DA CID-10 (2000)
Autismo infantil: Transtorno global do desenvolvimento caracterizado por: a) um desenvolvimento anormal ou alterado, manifestado antes da idade de três anos, e b) apresentando uma perturbação característica do funcionamento em cada um dos três domínios seguintes: interações sociais, comunicação, comportamento focalizado e repetitivo. Além disso, o transtorno se acompanha comumente de numerosas outras manifestações inespecíficas, por exemplo: fobias, perturbações de sono ou da alimentação, crises de birra ou agressividade (auto-agressividade). 

É relevante salientar que essas informações devem ser utilizadas apenas como referência. 

Recomenda-se caracterizar a queixa da família: sinais, sintomas, comportamentos, nível de desenvolvimento cognitivo e escolar do indivíduo - quando for o caso, relacionamento interpessoal; investigar os antecedentes gineco-obstétricos, história médica pregressa, história familiar de doenças neurológicas, psiquiátricas ou genéticas; analisar os critérios do DSM-V ou da CID-10; realizar avaliações complementares (investigações bioquímicas, genéticas, neurológicas, psicológicas, pedagógicas, fonoaudiológicas, fisioterápicas); pensar a respeito do diagnóstico diferencial; investigar a presença de co-morbidades; classificar o transtorno; planejar e efetivar o tratamento. 

Muitas vezes, o autismo é confundido com outras síndromes ou com outros transtornos globais do desenvolvimento, pelo fato de não ser diagnosticado através de exames laboratoriais ou de imagem, por não haver marcador biológico que o caracterize, nem necessariamente aspectos sindrômicos morfológicos específicos; seu processo de reconhecimento é dificultado, o que posterga a sua identificação. 

Um diagnóstico preciso deve ser realizado por um profissional qualificado, baseado na anamnese, observação clínica do indivíduo e comportamento. 

O autismo pode ocorrer isoladamente, ser secundário ou apresentar condições associadas, razão pela qual é extremamente importante a identificação de comorbidades bioquímicas, genéticas, neurológicas, psiquiátricas, entre outras.



Fonte > http://www.autismo.com.br/

Achei esse site super explicativo fora os serviços que prestam, ela fica localizada em RS, há 19 anos todo tratamento especializado ao TEA. Gostei muito de saber sobre o assunto.

#autismo
#conscientização 

26/03/15

20

Feira do Livro - Méier


Oi meninas corri aqui rapidinho pra divulgar a ultima semana da feira do livro no Méier, estava pra postar desde a semana passada só que acabei deixando pra fazer e acabei esquecendo por causa das coisas de casa. Comprei três livros pro Nathan que custaram 10 reais os três, mais tem livros a partir de R$ 1,00 vale a pena e tem livros de todos os tipos.
A Feira do Livro, que acontece na Praça Agripino Grieco, das 08h às 18h, fica só até esse sábado (28/03), no Méier/RJ. São muitas edições, com diferentes tipos de temas, inclusive científicos e infantis. Não percam a oportunidade.


Uma coisa que queria saber como fazem pra eles não rasgarem pq aqui em casa é uma luta, compro muito tbm esses livrinhos de colorir pra ele, só que na maioria das vezes ele acaba rasgando, nessa questão que to penando explico pra ele que livro de historinha não é pra rabiscar, rasgar mais não adianta. mas mesmo assim continuo comprando ainda mais quando ele ver de personagens, esses foram os que comprei e não poderia faltar o ben10...rs

Bjão!






24/02/15

23

Retorno as aulas

Olá ! E ai como passaram esse feriadão ?!

Nathan começou na escolinha no começo do mês, que na verdade é uma creche o programa do governo espaço de desenvolvimento infantil  (EDI) aonde ele fica em tempo integral. Porém por falta ainda de professor ele ta saindo mais cedo. 

Mais a aceitação dele pra escolinha não poderia ser melhor, eu que quando deixei ele pela primeira vez fiquei com um aperto no coração, me deu tchau e tudo, ficou muito bem lá, aproveitando a escolinha.

Hoje ficou quis chorar, não queria entrar mais por causa das outras crianças que estavam chorando, depois subiu com a professora. 

Na 1° reunião que teve eles ainda deram um kit com toalha de banho, tolha de rosto, 2 blusas,  um edredom e uma agenda escolar.

A rotina deles tem o café da manha, almoço, lanche a tarde, e a janta  (7:30 as 16:30)












11/02/15

17

Dicas Cris Poli & Fraldas Capricho | Amamentação


Como toda marinheira de primeira viagem tive algumas dificuldades pra amamentar, o bico rachou, a posição pra colocar ele pra mamar, a pega,  como tratar a ferida dos seios, passado isso tudo, enfim consegui amamentar meu pequeno ate seus 1 ano e 4 meses, pra mim foi difícil no inicio da amamentação.
No videos tem algumas orientações que você pode seguir e outras dicas também sobre troca de fralda, banho, como estimular o bebe, alimentação do bebe, e vários outros. O vídeo é curtinho 2min e 20s 

Só clicar no link abaixo :

https://www.youtube.com/watch?v=kVw-i80sJNc


09/02/15

21

Exercícios pra perder barriga em casa

A construção de uma barriga tanquinho é como um sonho para todos. Ele é um dos objetivos principais entre os homens e também entre as mulheres. Todo mundo está tentando mais é difícil de obter os resultados. Mas muitos saem rapidamente devido a muitos problemas. Tais como lesões ou desmotivação devido a nenhum resultado. Se você ainda estiver enfrentando esse problema, relaxar e aprenda a melhor e eficaz forma, você pode trabalhar duro eficaz para Perder Barriga. Esse exercícios fazem parte do programa de emagrecimento corpo de 21
Para obter resultados rápido você deve adotar um hábito alimentar saudável que pode aumentar o metabolismo para queimar calorias, sem qualquer esforço. Para que o seu esforço possa queimar mais calorias extras. Aprenda essa sequencias de exercícios para perder a barriga. Seja qual for o grau de vaidade, muitas mulheres estão sempre em busca do corpo perfeito e atrás de exercícios para perder barriga. Seja aquelas que desejam perder alguns quilinhos ou aquelas que estão em uma busca perpétua pelo corpo perfeito. Saiba mais sobre os exercícios para Perder Barriga.

1. BICICLETA NO CHÃO:
1 - Deite-se no chão ou no Colchonete, mantendo as costas pressionadas no chão com as pernas esticadas.
2 - Agora, levante-as para o alto, somente um pouco acima do chão. Coloque suas mãos atrás da cabeça e flexione levemente as pernas.
3 - Mantenha as mãos atrás do pescoço e entrelaçar os dedos.
4 - Forme um ângulo de 90 graus flexionando os joelhos e esticando a outra perna em uma altura próxima ao chão e ao mesmo tempo, Com o movimento lento de ambos perna e braço, tocar seu cotovelo direito com o joelho esquerdo. Agora faça o mesmo com o cotovelo esquerdo e joelho direito.
Dicas: Para sentir melhor o exercício você deve fazê-lo lentamente. Além disso, você pode experimentá-lo em um ritmo rápido. Inspire quando você tocar o joelho, e expire quando volta. Esse é um exercício básico, mas trabalhar de forma eficaz.Faça três séries de 15 repetições do exercícios.

2. PRANCHA FRONTAL

1 - De bruços, você tem que apoiar os cotovelos e o antebraço no chão e deixá-los alinhados aos ombros.
2 - Com as pontas dos pés apoiadas no chão, alinhe-os com os cotovelos.
3 - O corpo tem que ficar ereto e então você deve contrair o abdômen.
4 - Nessa posição, você deve tentar ficar por 30 segundos.
5 - Relaxe e faça novamente – pode fazer 5 séries
Dicas: Para iniciantes, comece com 10 segundos e gradualmente aumente o tempo. Tente trabalhar por até 3 minutos.

3. PRANCHA LATERAL COM TORÇÃO
1 - De bruços, apoie os antebraços no chão.
2 - Estenda as pernas e as sobreponha, com as laterais dos pés encostadas no chão.
3 - Suba o corpo, erguendo os quadris, que estarão levemente torcidos/rotacionados.
4 - Segure por 20 segundos.
5 - Desça e faça com o outro lado.
Dicas: Faça 10 movimentos com cada lado.

4. ABDOMINAL CRUZADO


1 - Deite-se de costas para o chão
2 - Flexione a perna cruze a outra perna, colocando o tornozelo sobre o joelho oposto.
3 - Coloque os braços para trás e eleve o tronco.
4 - Faça um movimento se rotação de modo que o cotovelo aponte para o joelho oposto, retornando para a posição inicial em seguida.
Dicas: Faça 3 ou 4 séries com 15 repetições. Você pode repetir o movimento para o mesmo lado ou fazê-lo de maneira alternada, trabalhando os músculos em movimentos mais dinâmicos.

5. CHUTES TESOURA
1 - Deite de costas para o chão, com as pernas esticadas, coloque suas mãos debaixo dos seus glúteos com as palmas viradas para baixo
2 - Eleve uma delas até que ela esteja a 90 graus com o quadril.
3 - Desça a perna até que o calcanhar quase encostar no chão e simultaneamente.
4 - suba a outra de maneira alternada.
Dicas: Faça 3 ou 4 Séries com 15 repetições.


6. ABDOMINAL V


1 - Deitar-se de costas para o chão com as pernas retas.
2 - Estenda as mãos atrás da cabeça.
3 - Eleve as pernas juntas do chão e flexione o tronco, fazendo com que os braços possam ir de encontro às pernas.
4 - Expire quando você completa o movimento.

Dicas: Faça 3 ou 4 Séries de 15 repetições
Precaução: Não é um exercícios para iniciantes, mas tome cuidado ao fazer este exercício. Não é recomendável aumentar a intensidade para as pessoas que sofrem de dor no pescoço e nas costas.
7. PRANCHA FRONTAL ALTERNANDO OS BRAÇOS
                                 
1 - De bruços, com mãos espalmadas no chão.
2 - Estenda as pernas e as mantenha levemente afastadas, as pontas dos pés apoiadas no chão.
3 - Eleve o corpo e estenda os cotovelos, mas sem travá-los.
4 - Levante um dos braços para a frente e volte – repita com o outro braço –
Dicas: Faça 3 séries com 10 a 15 Repetições com cada braço.
8. TRADICIONAL
1 - Deite-se de costas no chão com os joelhos flexionados. Mantenha os pés apoiados no chão.
2 - Coloque a mão por trás do pescoço. (Dicas: Bloquear os dedos, mas um pouco.)
3 - Flexione Para frente, levantando o pescoço ligeiramente com a força do abdômen. (Dicas:… Empurre-se usando a força do abdômen, Não use área do pescoço para empurra-Se, caso contrario você sentirá dor no pescoço, então é um sinal de que você não está executando corretamente)
Dicas: Faça 3 ou 4 Séries com 15 Repetições e Para um melhor resultado, você deve puxar o seu corpo para cima sem empurrar com o pescoço e não use a mão para empurrar. Quando você estive em cima, faça uma pausa por um segundo e, em seguida, vá para baixo.
9. ELEVAÇÃO DE PERNAS E TRONCO

1 - Deite-se de costas no chão.
2 - Agora, Suba simultaneamente o tronco e as pernas estendidas até ficar sentada nos ossinhos do bumbum (ísquios).
3 - Mantenha o abdômen contraído, as costas retas e as mãos na altura dos joelhos (b).
4 - Permaneça de 5 a 10 segundos e repita 6 vezes.
Dicas: faça 3 séries entre 6 a 15 repetições.
10. ELEVAÇÃO LATERAL DAS PERNAS
1 - Deita-se de lado, coluna reta com as pernas estendidas na linha do tronco.
2 - Apoie a cabeça em uma das mãos e a outra mão no chão à frente do tronco.
3 - Eleve as duas pernas juntas contraindo a região lateral do abdômen e solte devagar.
Dicas: Para ficar mais intenso, coloque caneleiras nos tornozelos. Faça De 2 a 3 séries de 12 a 15x (cada lado)
Conclusão: Comece devagar e assim que se sentir que a sua resistência está aumentando, vá aumentando. Tenha sempre acompanhamento de um profissional, com esse acompanhamento você saberá a hora certa de aumentar o tempo, as séries e os graus de dificuldade. Esse exercícios fazem parte do programa de emagrecimento corpo de 21, Caso você não conheça esse sensacional método de emagrecimento, Clique aqui. método revolucionários de como emagrecer de forma natural e saudável.
A Olívia (criadora do Corpo de 21) quem ensina tudo, a aplicar a técnica, que ela chama de triangulo de emagrecimento, as três coisas exatas (não são coisas aleatórias, são três coisas exatas!) para você realmente emagrecer em seis semanas.
Espero que gostem meninas, dá pra fazer em casa tranquilo, claro que não os dez né? mais da pra fazer e variar bastante pra trabalhar o corpo todo com os exercícios. 

06/02/15

15

Fraldas Capricho tem novidade para as mamães!

Aqui em casa todo mundo já conhece a marca CAPRICHO e sabe que vale a pena ter ela sempre em casa, claro que quando há bebes, agora vem meu sobrinho por ai e será recomendada com certeza, vamos ver a novidade.

Empresa apresenta a nova linha Capricho Baby, com destaque para o toque macio, cheirinho de bebê, embalagem moderna e o melhor custo-benefício


Bebê sequinho e confortável é sinônimo de mãe tranquila e feliz, e disso a FRALDAS CAPRICHO entende! Há 40 anos no mercado, a marca é referência nacional na fabricação e distribuição de fraldas descartáveis. E, a fim de acompanhar as inovações e exigências de seus consumidores, a empresa relança a sua linha mais tradicional: a Capricho Baby.

Dermatologicamente testada, a nova Capricho Baby chega com toque macio e fitas elásticas ajustáveis, que proporcionam ajuste perfeito e maior conforto para o bebê. Além do formato anatômico, as fraldas da linha Capricho Baby contêm Aloe Vera, que auxilia na prevenção de assaduras, e indicador de umidade, que ajuda a identificar o momento da troca, oferecendo mais praticidade ao dia-a-dia das mães modernas. Outro destaque da linha Capricho Baby é que traz aquele cheirinho agradável de bebê.

Para que as mamães possam observar a qualidade do produto, a embalagem da linha também foi repaginada. Ganhou uma ‘janela’ transparente, layout mais clean e a marca Capricho em destaque.

A nova linha Capricho Baby já pode ser encontrada nos principais supermercados e lojas especializadas. O produto está disponível nos tamanhos P, M, G, Extra G e XXG, em pacotes regular, econômico e super jumbo.

www.fraldascapricho.com.br

30/01/15

24

Pediatra !

Essa consulta tem um tempinho já, como estava sem net ficava difícil pra fazer, to um pouco desanimada também com o blog aí já viu !

Mais esse é com muita alegria do meu pequeno, ele está bem graças a Deus, a noite passada teve uma febrezinha, mais que já passou graças a Deus, essa semana agora começa na escolinha, ansiosa pra ver como vai ser a adaptação dele, ta animado pra ir pra escolinha.

Vamos as medias :
16,500 kg
101cm

Ele repetiu os exames pra ver o colesterol e pra minha felicidade normalizou o colesterol.
Está com  praticamente as mesmas medidas da ultima consulta não cresceu e emagreceu pela primeira vez ele emagreceu. Mas continua com um peso bom pra idade.



19/01/15

27

Parceria Tatiana Mendes -Tatuagens Femininas

Olá meninas como foi de fim de ano ?
espero que maravilhosamente bem 

1º  post de 2015  que maravilha \0/

Tentando voltar aos pouco, ainda sem internet mais acho que em breve irei voltar pra ter mais postagens durante a semana.

Pra começar bem o ano, entrei com uma parceria, faz tempo que queria fazer mais cade a coragem de fazer ?!  agora to tomando coragem pra fazer a tatuagem hoje , isso mesmo hojeeeee,,,rs

Bom vamos conhecer um pouco a Tatiana, Tatuadora e body piercer Tatiana Mendes , encontrei ela por acaso em um grupo.


Tatuagens femininas e serviços de bodypiercer (piercings em geral, brincos em adultos e infantil, inclusive recém nascidos).
Profissional há 8 anos no ramo de piercing e 7 no ramo de tatuagem. Especializada em tatuagens comerciais femininas.

vamos alguns trabalhos feitos pela Tati, só clicar na imagem pra ampliar, amei essas tattoos 







Corre pra fanpage que lá tem muito maaaaaaais
Pra quem é do RJ ela está com uma rifa de tatuagem rolando basta acessar aqui Tatuagem Feminina

Vocês podem entrar em contato através : Curte a fanpage !!

Cel. 21986958690
Email.: tatianamendes_rj@ig.com.br

19/12/14

21

Protector Nail

Quem adora unha decorada por ai ?

Toda mulher adora, e ficam lindas com os Protector Nail ainda mais quando eles são de boa qualidade,
os protetores são lindos, tem cada desenho e estampas lindas, da uma 'passadinha' no site pra conhecer, pelo que vi também tem vários kits, com um preço bom pra revender ou mesmo pra quem faz unha.

Os protetores não precisa de cola e é simples pra colocar, e a remoção com acetona, em minha unha dura praticamente uma semana, isso depende do uso no dia-a-dia de cada uma.

Olha que graça que ficou essa película, podem ver as películas Aqui

Usados : Esmaltes
Risque metálico, Pink fluor
Risque cremoso, blanco puríssimo





Espero que tenham gostado! Bjinhos 

17/12/14

11

Mitos e verdades sobre o primeiro ano do bebê

São tantas coisas que as mulheres grávidas ouvem falar que ficam ou ficaram perdidas assim como eu fiquei, não sabia em que acreditar, se realmente era verdade ou não, algumas coisas eu segui outras deixei pra lá, mais isso varia de cada pessoa. 

Cerveja preta para estimular a produção de leite, moeda para cicatrizar o umbigo e até azia como indicativo de que o bebê vai nascer cabeludo são apenas algumas das inúmeras teorias que dez entre dez futuras mães passam a escutar assim que anunciam a gravidez. Embora grande parte dessas crenças não tenha qualquer embasamento científico, muitas mulheres fazem questão de seguir toda sorte de recomendação à risca. Mas é preciso saber diferenciar as verdades incontestáveis daquelas que são relativas, além de detectar o que é pura fantasia. CRESCER consultou especialistas e colocou à prova dez “verdades irrefutáveis” para que você saiba o que realmente tem de ser levado em conta no primeiro ano de vida do seu filho.
Conversar com os bebês não faz sentido
MITO. Muitas pessoas acreditam que o recém-nascido não consegue assimilar o que é dito. Mas, segundo a professora de Psicologia Izabella Paiva Monteiro de Barros, da Universidade Presbiteriana Mackenzie (SP), essa despretensiosa “conversa” é superimportante. “Além de estreitar os laços dos pais com o filho, ela ajuda a atribuir sentido às informações que o pequeno recebe do ambiente.” Um jeito de fazer isso é a mãe dizer, ao mesmo tempo que oferece o peito, “agora você vai tomar seu leite”, por exemplo. Uma pesquisa realizada com 50 bebês na Universidade Northwestern, em Illinois (EUA), provou que o recurso é eficiente. Eles mostraram uma figura com um peixe desenhado. Para alguns, falavam “peixe”. Para outros, a imagem veio associada a um bipe. Aqueles que ouviam a palavra aprenderam melhor a associá-la.
Tomar mamadeira deitado pode causar dor de ouvido
VERDADE. Como o canal que liga a garganta ao ouvido é mais curto e horizontalizado no recém-nascido, o líquido tende a fluir com maior rapidez, principalmente se o bebê estiver deitado. Isso permite que o leite alcance o ouvido e suas bactérias se instalem ali. Aí existe o risco de se multiplicarem, provocando uma infecção. Até os 2 anos, a criança deve, portanto, estar levemente inclinada – em um ângulo de 30º a 45º – para evitar o problema.
Levantar o braço da criança faz passar o soluço
MITO. O soluço é resultado da contração involuntária do diafragma e, como os diferentes estímulos aos quais o recém-nascido é exposto podem contrair o músculo, o problema é frequente nessa fase. Basta pensar que o bebê passou meses dentro da barriga da mãe, recebendo, pelo cordão umbilical, o alimento já metabolizado e, de repente, ele passa a ter de mamar, engolir, digerir, sugar, urinar, evacuar... Enfim, ele começa a exercer uma série de novas funções, como uma máquina que acabou de ser ligada. Então, não há muito que fazer. O jeito é esperar o soluço cessar naturalmente.
Dormir de barriga para cima aumenta os riscos de o bebê regurgitar e engasgar
MITO. Quando dorme virada para cima, a criança consegue mexer a cabeça livremente para os dois lados, o que ela certamente fará se sentir algum incômodo. Se ainda assim ela engasgar, provavelmente ocorrerá a tosse – e aí talvez esteja a origem da associação que alguns pais fazem entre a postura do bebê e o engasgo. A posição que, de fato, oferece risco é a de barriga para baixo, por deixar o pequeno sem liberdade de movimento e sujeito a inalar o gás carbônico liberado na respiração, o que pode asfixiá-lo. Já existem inclusive diversos estudos que associam o hábito de dormir de bruços à morte súbita de recém-nascidos.
A ansiedade da mãe aumenta a probabilidade de o bebê ter cólica
VERDADE. O sistema digestivo dos bebês é imaturo. Isso implica em movimentos involuntários de contração e relaxamento, que podem resultar em gases e cólicas, bastante comuns. E o estresse pode agravar esse sintoma. Ocorre que a criança é capaz de perceber as alterações de humor da mãe e também fica tensa, insegura. Daí o corpo dela reage, favorecendo a sensação dolorosa. Por isso, a mãe deve se acalmar e tentar evitar que a tensão transpareça.
Bolsa de água quente melhora a cólica
VERDADE. Assim como o movimento de “bicicleta” feito com as perninhas, o calor diminui o incômodo causado pela cólica. A elevação da temperatura provoca a dilatação dos vasos sanguíneos e o relaxamento muscular. Assim, a dica para esquentar o local da dor e aliviá-la é lançar mão da bolsa – com a água em temperatura morna, para não queimar – ou encostar a barriguinha do bebê na da mãe.
O leite sempre deve ser servido morno
MITO. O leite materno, claro, deve ser sempre a primeira opção – e ele já sai na temperatura adequada para o consumo. Mas, segundo o pediatra José Luiz Setúbal, presidente do Hospital Infantil Sabará (SP), o bebê pode tomar leite morno ou em temperatura ambiente. Não há consenso sobre bebidas frias ou geladas. Alguns especialistas acreditam que elas possam prejudicar as defesas das vias aéreas e, por essa razão, só devem ser ingeridas após 1 ano. Para quem costuma armazenar o líquido no congelador, a dica é aquecê-lo em banho-maria, já que a fervura causa a perda de suas propriedades. A nutricionista Marisa Resende, do Hospital São Camilo (SP), lembra, no entanto, que as fórmulas em pó não são estéreis e, por isso, precisam ser reconstituídas em água fervente para reduzir os riscos de infecção. A especialista diz que o velho truque de colocar o leite no dorso da mão ainda é a melhor maneira de checar se o bebê corre o risco de queimar a boca ao ingerir a bebida.
Vacina dá reação
EM TERMOS. Por ser um corpo estranho ao organismo, ela é capaz de provocar alguma reação. “Entretanto, hoje em dia isso acontece com menos frequência, já que os processos de imunização são mais modernos do que antigamente”, afirma o pediatra José Luiz Setúbal. Após a aplicação da vacina BCG (antituberculose), no entanto, é esperado que o recém-nascido apresente uma pequena ferida no braço que, depois de cicatrizada, forma uma marquinha. Já no caso da Sabin (contra a poliomielite), a reação é raríssima. Com a tríplice viral (que previne caxumba, rubéola e sarampo), há o risco de o bebê ter febre e dor local. Isso porque a vacina é composta pelos próprios vírus causadores da doença atenuados. Reações semelhantes podem ser observadas depois da administração da pentavalente (contra difteria, tétano, coqueluche, meningite e hepatite B). Um antitérmico costuma resolver, mas só pode ser tomado com orientação médica e depois de o sintoma se manifestar, já que o uso preventivo e indiscriminado pode prejudicar a resposta à vacina.
A erupção do dente provoca febre
EM TERMOS. “Em casos raros, a criança pode até apresentar febre baixa, em torno de 37,5ºC”, afirma a pediatra Leda Amar de Aquino, do Departamento Científico de Pediatria Ambulatorial da Sociedade Brasileira de Pediatria. Mas isso só ocorrerá, segundo ela, se acontecer algum processo inflamatório na gengiva. “Se paralelamente ao nascimento do dente o bebê apresentar febre alta, acima de 38ºC, a recomendação é consultar um especialista”, alerta a médica.
Chupeta entorta os dentes da criança
MITO. No primeiro ano de vida, a chupeta não prejudica a estrutura dentária. “A razão de desestimularmos o uso do acessório é que o hábito interfere na amamentação”, justifica Leda. Mas se a criança já passou dos 2 meses e está ganhando peso, é sinal de que o aleitamento vai muito bem, obrigado. Mesmo assim, os pais precisam entender que a chupeta tem a função de acalmar e, por isso, não há necessidade de liberar seu uso indiscriminadamente. Isso só dificultará o abandono do objeto quando ele começar a ser prejudicial para valer. “Depois dos 2 anos, a utilização da chupeta certamente prejudicará o desenvolvimento dos dentes, já que ela projeta a língua para fora, empurrando os incisivos para frente”, explica. O melhor é que o recurso seja reservado, portanto, aos dois primeiros anos de vida e a situações pontuais, com o objetivo de tranquilizar o pequeno.
Bebê que brinca demais tem sono agitado
EM TERMOS. “As crianças têm dificuldade para se ‘desligar’, despedir-se do dia e das pessoas. Então, dependendo do nível de excitação e do tipo de intervenção do adulto na brincadeira, a qualidade do sono pode ser prejudicada”, destaca a psicóloga Izabella. O bebê precisa que você o auxilie na decodificação do material que está explorando. “Se ele for cercado por um monte de brinquedos diferentes, os estímulos podem ser internalizados de forma bruta. O adulto deve, por exemplo, apresentar um objeto que emite determinado som e, em seguida, mostrar outras maneiras de se obter o mesmo som, auxiliando a criança a contextualizar e processar a experiência a favor de seu desenvolvimento.” Com uma melhor compreensão das informações recebidas, o pequeno tem mais tranquilidade para dormir. De qualquer maneira, o ideal é que a brincadeira termine cerca de duas horas antes de o bebê ir para a cama.